Hipertensão Arterial pode ser tratada com Acupuntura

Hipertensão arterial é a elevação, sustentada e em repouso, da pressão arterial.

Estudos têm apresentado evidências de que a Acupuntura não influencia a pressão arterial quando dentro da faixa de normalidade. Por outro lado, estudos experimentais em modelos animais e observações em seres humanos mostraram que a Acupuntura inibe o tônus simpático e reduz, desta forma, a pressão arterial, obtendo seus efeitos de 15 a 20 minutos após a correta inserção e manipulação das agulhas.

Entendendo a História da MTC

Não existe uma categoria de doença específica dentro da racionalidade médica chinesa que caracterize a hipertensão arterial, pois quando essa medicina foi concebida não existia nem o conceito de pressão arterial. No entanto, quando a hipertensão é sintomática ela pode abranger várias categorias de doença na racionalidade médica chinesa; tais como:

  • dor de cabeça (tou tong),
  • distensão da cabeça (tou zhang),
  • tontura (xuan yun),
  • palpitações (xin ji),
  • insônia (bu mian) e
  • dormência e formigamento (ma mu).

Desta forma, como todo tratamento com Acupuntura ou qualquer terapêutica oriunda da medicina chinesa, uma correta avaliação do paciente para obtenção do padrão sindrômico (ou padrões sindrômicos – no paradigma da medicina chinesa), uma correta elaboração dos princípios de tratamento, bem como a correta seleção dos pontos, inserção e a manipulação das agulhas é essencial.

Mas para manter a Hipertensão bem longe…

É importante lembrar que dieta, exercícios físicos orientados, gerenciamento do estresse e relaxamento são extremamente importantes para o tratamento dessa condição patológica.


Texto por: Prof. Dr. Henrique Adam Pasquini

Entre em contato com a gente, e comece hoje mesmo sua Formação em Acupuntura. Temos modalidades de estudo presencial e online!

Gostou deste artigo?

Veja mais Notícias sobre MTC aqui.

Acompanhe o nosso Instagram e assista lives semanais.

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email